Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

O BATISMO SEGUE A SALVAÇÃO


TEXTO: Mateus 28.19
INTRODUÇÃO:
·                A palavra batismo é oriunda do grego baptizo ou da latina baptismus, e significa mergulho ou imersão.
·                Desde cedo na história da Igreja tem havido três principais mas diferentes modos de batismo:
1) Aspersão (borrifamento). Consiste em que, com as próprias mãos se tome um bocado de água derramando-a depois sobre a cabeça do batizando.
2)  Afusão (derramamento) é o batismo feito com o batizando dentro de um tanque ou rio e ali com uma vasilha maior o ministrante derrame sobre ele, à partir da cabeça, um tanto de água.
3) Imersão (mergulho) é o batismo que requer bastante água, para que o batizando possa ser mergulhado nela, conforme detalharemos adiante.
·                O batismo nas águas é, e deve sempre ser uma declaração física e pública de algo que já ocorreu espiritualmente no coração do homem.
João 3,24 "João estava também batizando em Enom, perto de Salim, porque havia ali muitas águas".
·      Dizem que no Jordão não havia água o suficiente para mergulhar:
O Jordão é um rio com mais de 260 Km de cumprimento. A Bíblia diz que sua largura e profundidade eram tantas que foi preciso Josué fazer com que as águas se tornassem num montão para que pudessem passar a seco. Js 3,6; O mesmo se deu com Elias e Eliseu. II. Re 2,8 e 14; Caso não tivesse água o suficiente como dizem, porque então ter que fazer as águas secarem? E ainda temos o caso de Naamã, o qual foi curado da lepra quando mergulhou sete vezes neste rio.
·      Onde foram batizadas as três mil almas de Atos 2?
Os que afirmam isso desconhecem que em Jerusalém tinham fontes de água como a de Betesda e a de Siloé. A de Betesda era tão grande que dezenas de pessoas ficavam em sua beira para receber a obscura cura de João 5. E o tanque de Siloé era um reservatório de dezoito metros de cumprimento por seis de largura e 6 de profundidade. Será que um tanque assim não daria para batizar as pessoas?
·      E os lugares que não tem água como nos desertos e terra de seca?
Uma pergunta eles tomam banho?
·      Romanos 6.3,4 “Ou, porventura, ignorais que todos os que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos batizados na sua morte? Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos para a glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida”
·      Col. 2:12 Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos”.
ð Quando imergimos alguém na água, estamos simbolicamente declarando que esta pessoa foi sepultada com Jesus, e ao levantarmos esta pessoa das águas, estamos reconhecendo que ela já ressuscitou com Cristo para viver uma nova vida.
ð Por isso o batismo representa a morte para o mundo seguida pelo nascimento de uma nova vida com Cristo.
1.             QUAIS OS PASSOS QUE PRECEDEM O BATISMO:
1. Arrependimento: Arrependimento significa ter pesar de faltas próprias, mudar de opinião. O arrependimento vem àquele que refletiu seu próprio estado e resolveu fazer uma mudança no curso de sua vida.
Mc 1.15 ARREPENDEI-VOS! Foi uma das primeiras palavras da pregação de Jesus Cristo ao inaugurar seu ministério
2. Conversão: Conversão significa transformação, mudança de forma ou de natureza, mudança ou substituição de uma obrigação por outra. A conversão, em última análise, é o revestimento do homem novo ao se livrar da velha criatura.
II Cor 5.17 "ASSIM QUE, SE ALGUÉM ESTÁ COM CRISTO, NOVA CRIATURA É, AS COISAS VELHAS JÁ PASSARAM, EIS QUE TUDO SE FEZ NOVO"

2.             O BATISMO É NECESSÁRIO PARA A SALVAÇÃO.
Marcos 16:16­ "Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado."
ð   Para sermos salvos duas coisas são necessárias: a crença e o batismo. Para sermos condenados basta uma: a descrença.
ð   João 3:5­ "Em verdade, em verdade te digo: Quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus." Não é possível entrarmos no reino do céu sem nascermos de novo da água e do espírito. O único nascimento pela água de que falam as Escrituras é o batismo. Nascer do espírito diz respeito à transformação espiritual que devemos experimentar. Sem o batismo das águas e sem a mudança espiritual, é impossível entrarmos no reino.
ð   Atos 2:38­ "Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo." O contexto aqui é muito importante. Pedro tinha acabado de pregar um sermão no qual acusava os que o ouviam de haverem assassinado ao Senhor. Seus ouvintes perguntaram o que tinham que fazer então para serem salvos. Pedro mandou que se arrependessem e fossem batizados para receber o perdão dos pecados e o dom do Espírito Santo. Sem arrependimento e sem batismo, permanecemos perdidos, sem perdão.
ð   Atos 22:16­ "E agora, porque te demoras? Levanta-te, recebe o batismo e lava os teus pecados, invocando o nome dele." Esse texto nos mostra como invocar o nome do Senhor e ser salvo. Uma vez que não é possível sermos salvos tendo ainda o pecado e uma vez que o batismo é exigido para ser lavado dos pecados, fica claro que o batismo é necessário para a salvação.
ð   1 Pedro 3:21: "A qual, figurando o batismo, agora também vos salva, não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de um boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo." O batismo compara-se ao dilúvio dos dias de Noé. O dilúvio salvou a Noé da corrupção e da perversidade do velho mundo. O batismo nos salva da corrupção e do pecado de nossa velha vida. Uma vez que o texto afirma que o batismo nos salva, a questão é indiscutível.

Conclusão:
ð   Muitas vezes Deus fez uso da água como linha divisória.
ð   Nos dias de Noé, a água do dilúvio separava o mundo pecaminoso da nova vida num mundo purificado. No êxodo, a água do mar Vermelho era a linha divisória entre a escravidão e a liberdade. Nos dias de Naamã, a água do rio Jordão era a linha divisória entre a lepra e a purificação. Nos dias do cego, a água do Tanque de Siloé era a linha divisória entre a cegueira e a capacidade de ver.
ð   O batismo não é o único requisito para a salvação hoje, mas não podemos ser salvos sem ele. "Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: Quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus" (João 3:5).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão lidos pelo autor, só serão respondidos os de grande relevancia teológica, desde já agradeço pela visita.