sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

PORQUE EXISTE A IGREJA


TEXTO: Mt 28:18-20
INTRODUÇÃO:
·      Os versículos lidos apresentam aquilo que é chamado de A Grande Comissão, a última ordem do Senhor Jesus Cristo aos Seus servos antes de deixar este mundo.
·      Há nesse texto referencial cinco ênfase na grande comissão.
1)   A primeira ênfase está no comissionador v.18. Jesus ressurreto.
2)   A segunda ênfase está na comissão v.19. Jesus chamou pessoas simples.
3)   A terceira ênfase está na compreensão da grande comissão v.19. Repare que esta comissão tem dois componentes distintos, cada um apresentado por um dos evangelistas. Em Mateus lemos: “Ide, fazei discípulos de todas as nações”, e em Marcos: “Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda a criatura”. Os únicos verbos que estão na voz imperativa nestas duas comissões são “fazei discípulos” em Mateus e “pregai” em Marcos. Hoje em dia ouvimos muita ênfase sendo colocada no verbo “ide”, mas precisamos lembrar que, apesar de toda a importância de irmos ao mundo inteiro, a ênfase nestes dois trechos não é no “ir”, mas no pregar e discipular.   A comissão, portanto, é dupla, e poderia ser traduzida assim: “Indo por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda a criatura, e discipulai todas as nações”. Mateus apresenta um aspecto dela (o discipulado), Marcos outro (a evangelização).
4)   A quarta ênfase está na presença de Jesus para a realização da obra v.20.

TRANSIÇÃO: Como deve ser caracterizada a igreja evangélica brasileira em seu propósito de ser uma igreja verdadeiramente missionária no Brasil e no mundo? Biblicamente falando, todo campo missionário deveria se tornar, obrigatoriamente, numa base missionária. Mas por uma série de fatores que lamentamos, nem sempre é essa a realidade em termos de igreja brasileira.
·      Quando pensamos em Igreja missionária sem sombra de dúvida, a igreja de Antioquia era um exemplo de igreja missionária. At 13:2,3 "E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado. Então, jejuando, e orando, e impondo sobre eles as mãos, os despediram".
·      Os princípios que nortearam a vida da igreja de Antioquia, e que, com certeza, deveriam inspirar todas as igrejas, foram cuidadosamente observados e registrados por Lucas em Atos 13.

1)             EM RELAÇÃO A DEUS A IGREJA EXISTE PARA ADORAR.

·      Atos 13:2 inicia assim: "E, servindo eles ao Senhor..."  isto é, "servir em adoração"; "prestar culto a Deus". Uma igreja só pode ser verdadeiramente missionária se for verdadeiramente adoradora e vice-versa. O culto, em sua dimensão humana, surge da missão. É o resultado espontâneo da experiência da redenção. Do mesmo modo, a missão deve ser vista como um acontecimento cultual, porquanto celebra o que Deus tem feito por homens e mulheres em Jesus Cristo e os chama a receber e compartilhar o dom da graça de Deus. O culto deve levar a igreja a fazer missões e missões, por sua vez, devem levar os perdidos a prestarem culto a Deus. Pois uma adoração que não leva a igreja a evangelizar não passa de mera contemplação, e uma evangelização que não leva os pecadores a adorarem a Deus está fora dos propósitos do próprio Deus.   
ð Adoração é a maior missão da igreja. A maior missão da igreja não é fazer missões, mas adorar a Deus. Deus e não o homem é o centro de todas as coisas. Missões existem para salvar um povo que adora.
ð O adorador precisa entender que a sua vida é a vida da sua adoração. Deus não está procurando adoração, mas adoradores que o adorem em espírito e em verdade.
A prática da adoração jamais poder ser divorciada da pessoa do adorador.
·      Exemplo: Deus rejeitou a vida de Caim antes de rejeitar a oferta e o culto da Caim. Se a nossa vida não estiver certa com Deus, o nosso culto será uma ofensa a Deus.
ð O adorador precisa entender que a adoração não é uma questão de performance diante dos homens, mas de sinceridade diante de Deus. O profeta Isaías levantou a sua voz em nome de Deus e disse: “Este povo me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim”. Davi compreendeu que Deus procura a verdade no íntimo.
ð O adorador precisa entender que se Deus não for honrado no culto, ele é tempo perdido. O profeta Malaquias fala dos sacerdotes que não honravam a Deus. Eles desprezavam o culto. Eles não ofereciam o seu melhor. Eles faziam a obra do Senhor relaxadamente. Deus aconselhou no caso a apagarem o fogo do altar e a fechar a porta da igreja. Estavam perdendo tempo.

2)             UMA RELAÇÃO A SI MESMA, A IGREJA EXISTE PARA TREINAR OS CRENTES – Ef 4:12-16.

·      Lutero proclamou o sacerdócio de todos os crentes, mas 500 anos depois a estrutura das igrejas nega isso. Precisamos de uma nova reforma para devolver aos leigos a sua função de ministros da reconciliação. O leigo é o melhor e maior potencial da igreja. A igreja de Deus não é apenas uma multidão, mas um corpo bem coordenado, onde cada um exerce sua função e cresce em maturidade.
·      A igreja existe para nutrir e treinar os crentes. Por isso ficar fora da comunhão da igreja é como entregar uma pessoa a Satanás. A comunhão da igreja nos protege.
Há, porém, alguns exemplos distorcidos do que é a igreja:
1. A igreja não é um clube de associados. Um lugar onde pagamos nossa cota, para que tenhamos um ambiente limpo, gostoso e confortável. Lugar onde gostamos de ir com a família ter um tempo agradável e edificante. A igreja não é uma praça de entretenimento espiritual.
2. A igreja não é um prédio onde nos reunimos. Depois que o véu do templo se rasgou de alto a baixo, sempre que o novo testamento se refere ao templo de Deus está falando do nosso corpo. Agora somos nós e não um prédio que é cheio do Espírito Santo. O que é a igreja?

ð A igreja é um corpo que tem muitos membros. Cada membro exerce o seu trabalho, sua função. Mesmo os membros que não aparecem, têm uma função fundamental para a saúde do corpo. Três coisas são importantes aqui:
a) Unidade. Os membros são diversos, mas há um só corpo. Estamos todos ligados à mesma cabeça.
b) Diversidade. Nós somos diferentes uns dos outros, mas pertencemos ao mesmo corpo.
c) Mutualidade. Há dois perigos: complexo de superioridade e complexo de inferioridade. Mutualidade é um termo da língua portuguesa para descrever o dever que cada crente tem para com o outro, enquanto membro da família de Deus. Mutualidade origina-se da expressão bíblica uns para com os outros.
• Amem-se uns aos outros (Rm 12:10).
• Aceitem-se uns aos outros (Rm 15:7).
• Saúdem-se uns aos outros (2 Co 13:12).
• Cuidai uns dos outros (1 Co 12:25).
• Sujeitem-se uns aos outros (Ef 5:21 -22).
• Suportem-se uns aos outros (Cl 3:13).
• Não tenham inveja uns dos outros (Gl 5:26).
• Deixem de julgar uns aos outros (Rm 14:13).
• Não se queixem uns dos outros (Tg 5:9).
• Não falem mal uns dos outros (Tg 4:11).
• Não mordam e devorem uns aos outros (Gl 5:15).
• Não provoquem uns aos outros (Gl 5:26).
• Não mintam uns aos outros (Cl 3:9).
• Confessem os seus pecados uns aos outros (Tg 5:16).
• Perdoai-vos uns aos outros (Tg 5:15).
• Edifiquem-se uns aos outros (1 Ts 5:11).
• Ensinem uns aos outros (Cl 3:16).
• Encorajem uns aos outros (At 13:15).
• Aconselhem-se uns aos outros (1 Ts 5:12).
• Cantem uns para os outros (Cl 3:16).
• Sirvam uns aos outros (1 Pé 4:10).
• Levem as cargas uns dos outros (Gl 6:2).
• Hospedem uns aos outros (1 Pé 4:9).
• Sejam bondosos uns para com os outros (Ef 4:32).
• Orem uns pelos outros (Tg 5:16). 
ð A igreja um corpo de leigos treinados para servir uns aos outros. Hoje a igreja tem pastores que são vocacionados e treinados para fazer o trabalho. Mas o papel dos líderes é treinar os santos para o desempenho do ministério. Somos todos sacerdotes reais. A igreja não é uma massa de pessoas; ela é a comunidade dos discípulos, ou seja, de pessoas treinadas para servir uns aos outros.

3)             EM RELAÇÃO AO MUNDO A IGREJA EXISTE PARA TESTEMUNHAR – At 1:8; Mt 28:18-20.

·      A maioria dos crentes não sabe o que é testemunhar. Apenas 5% dos crentes já levaram uma pessoa a Cristo.
·      Em Atos 1:8 há uma promessa cumprida. Quando os crentes são revestidos com o Espírito Santo, eles recebem poder para testemunhar.
a) A igreja como sal – Influência invisível.
b) A igreja como luz – Influência visível.
c) A igreja como perfume – Influência notada.

·      A evangelização é resultado da apostolicidade da igreja toda. O trabalho de testemunhar não ficou limitado aos apóstolos. A igreja toda é herdeira dos apóstolos no sentido de dar continuidade à missão apostólica, ou seja, pregar o evangelho até os confins da terra.
a) Essa é uma tarefa imperativa. É ordem de Cristo.
b) É uma tarefa intransferível. Os anjos queriam mais Deus nos tornou participantes.
c) Tarefa impostergável – Não podemos protelar, temos que ter a urgência da missionária de Samaria, que abandonou o cântaro pra se tornar vaso.

·      Fazer discípulos é a essência da grande comissão – Mt 28.19
a) O discipulado é dinâmico – Indo, discipulai, indo pregai.
b) O discipulado é prático – ensinando a guardar.
c) O discipulado é integrador – batizando.

·      Todo discípulo é um seguidor, mas nem todo seguidor é um discípulo. Sabe por quê?

* O seguidor espera pães e peixes; o discípulo é um pescador.
* O seguidor luta por crescer; o discípulo luta para reproduzir-se.
* O seguidor se ganha; o discípulo se faz.
* O seguidor gosta de elogios; o discípulo do sacrifício vivo.
* O seguidor entrega parte de suas finanças; o discípulo entrega toda a sua vida.
* O seguidor cai facilmente na rotina; o discípulo é um revolucionário.
* O seguidor precisa ser sempre estimulado; o discípulo procura estimular os outros.
* O seguidor reclama e murmura; o discípulo obedece e nega-se a si mesmo.
* O seguidor é condicionado pelas circunstâncias; o discípulo as aproveita para exercer a sua fé.
* O seguidor busca na Palavra promessas para a sua vida; o discípulo busca vida para receber as promessas da Palavra.
* O seguidor pensa em si mesmo; o discípulo pensa nos outros.
* O seguidor se senta para adorar; o discípulo anda adorando.
* O seguidor vale porque soma; o discípulo vale porque multiplica.
* Os seguidores esperam milagres; os discípulos os fazem.
* O seguidor necessita de festas para estar alegre; o discípulo vive em festa porque é alegre.
* O seguidor espera um avivamento; O discípulo é parte dele.
* O seguidor responde "talvez..."; o discípulo responde "eis-me aqui".
* O seguidor espera recompensa para dar; o discípulo é recompensado porque dá.
* O seguidor espera que o mundo melhore; o discípulo sabe que não é deste mundo e espera o encontro com seu Senhor.


CONCLUSÃO
Para que a sua igreja existe?
Para que você existe?
Adoração, treinamento e testemunho não podem viver separadamente.


CONTATOS COM O PASTOR NILTON JORGE
Tel. (22) 998746712 Whatsapp
E.mail. niltondalani@gmail.com


segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

PATERNIDADE BEM RESOLVIDA


TEXTO: Lucas 15:31-32
INTRODUÇÃO:
·      O que significa o conceito paternidade bem resolvida ou algo bem resolvido? 
* É estar bem resolvido sobre este assunto em relação aos seus pais, mesmo que você não tenha desfrutado adequadamente deste nível de relacionamento
* É eliminar as pendências, memórias doentias e sequelas presentes, frutos das complicações no relacionamento com seus pais
* É prosseguir mediante a cura divina do nosso Pai Celestial.
·      O conceito paternidade bem resolvida também está ligado à sua percepção de Deus. Aprofundar a sua imagem de Deus retirando da sua ótica toda distorção e limitação que influencia no seu relacionamento íntimo com Deus. Chegou a hora de ter uma paternidade bem resolvida em relação aos seus pais e a Deus.

TRANSIÇÃO: Vamos analisar a parábola conhecida como filho pródigo e usá-la para descrever a trajetória de um filho, do ponto de vista humano e espiritual. O que veremos a partir deste instante.

1)             RESOLVENDO O RELACIONAMENTO COM OS PAIS. Lc 15:12 “O mais novo disse ao seu pai: Pai, quero a minha parte da herança. Assim, ele repartiu sua propriedade entre eles”.

1.    RECONHEÇA OS REAIS MOTIVOS DA DESCONEXÃO COM OS SEUS PAIS Lc 15:13 “Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante...”.
·      Sabemos que no caso da parábola, o filho se distanciou do pai por rebeldia. Porém, há uma quantidade enorme de filhos que se distanciam por se sentirem feridos pelos seus pais. Num primeiro momento tanto o pai como a mãe são responsáveis pela saúde emocional e posteriormente espiritual dos seus filhos. Ambos são fundamentais e suas funções intransferíveisNeste sentido Mãe é mãe... Pai é pai! O pai afirma e a mãe confirma. (a falta de modelo, de exemplo, de paradigma).
·      Em todas as áreas os nossos pais são responsáveis na nossa iniciação em relação à vida. Uma das lições mais importantes em relação à vida é sobre a intimidade. A intimidade é a maneira como deveríamos estabelecer nossos relacionamentos é ter o coração conectado as pessoas da nossa vida. Como este aprendizado deveria chegar a cada um de nós? Por meio da intimidade com os nossos pais.
OBS: Quando o nosso coração se une ao dos nossos pais na infância e continua assim até o início da juventude isto se transportará para todos os outros níveis dos nossos relacionamentos.
·      Quando isto não acontece crescemos com uma imensa lacuna emocional, pois não aprendemos o caminho da intimidade. Com isso, a menos que algo aconteça para mudar esta condição, colheremos duras consequências.
·      Uma das mais importantes lições que deveríamos ter aprendido dos nossos pais é sobre a intimidade nos relacionamentos.
ð O moço da parábola decidiu sair de casa. Não havia mais conexão do seu coração com o do seu pai. Pergunto a você, no seu caso: qual a sua história? Por que aconteceu a desconexão em relação aos seus pais? (Sentar no colo, beijar no rosto, se permita ter a alma desnudada diante de seus filhos).
Em primeiro lugar a desconexão com os pais é emocional, depois física!

2.    REAJA CONTRA AS DISFUNÇÕES EMOCIONAIS ADQUIRIDAS. Lc 15:13b, 14, 16 “...e lá desperdiçou os seus bens vivendo irresponsavelmente. Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade. [...] Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada”. 
As disfunções emocionais adquiridas por causa dos conflitos com os pais podem ser:

QUANDO OS PAIS SÃO...
OS FILHOS SÃO...
- Inexistentes – Ausente
- Solitários
- Separados
- Frágeis (lacuna de gênero)
- Rígidos
- Insensíveis
- Isolados
- Superficiais
- Super - protetores
- Medrosos
- “Frios” (insensíveis)
- Carentes (distorções sexuais)
- Liberais - Passivos
- Inconsequentes
- Consumistas
- Materialistas
- Desleais
- Rebeldes
- Disfuncionais
- Co-dependentes

ð Não podemos negligenciar o fator da hereditariedade familiar. Adquirimos tanto doenças e limitações, quanto boas influências. Está em nossas mãos decidir o que pesará mais na nossa história.
ð Os ritos familiares e a mesa está em crise. “Comparativamente, podemos afirmar de forma geral que a ênfase bíblica na responsabilidade pessoal é 70%, enquanto nas heranças, 30%”. O pródigo lembrou-se da autoridade do pai, da generosidade do pai e da mesa do pai.

3.    DECIDA ACERTAR AS PENDÊNCIAS Lc 15:17-20 "Caindo em si, ele disse: Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome! Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti. Não sou mais digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados. A seguir, levantou-se e foi para seu pai”.
·      O perigo do ressentimento. Hb 12:15 “Cuidem que ninguém se exclua da graça de Deus. Que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando a muitos”.
·      Perdoar não é esquecer, mas permitir que alguém renasça em sua vida!
Examine-se: como está o seu coração em relação aos seus pais? O que há no seu coração?
ð Ressentimento é a atitude interna de remoer o passado e perpetuar sentimentos hostis. Olhar a vida pelo retrovisor.
ð Indiferença é a atitude de ignorar o outro.
ð Retaliação é a atitude de revidar por diversas posturas um sentimento de dor.
ð Ódio é o estágio mais grave na esfera dos relacionamentos.

Não continue com estes sentimentos no seu coração. Momentos de oração com todos.
·      Senhor Jesus, agradeço a Ti pelas coisas boas que recebi dos meus pais. A partir de hoje abro o meu coração para perdoar meus pais daquilo que feriu o meu coração. Peço perdão por qualquer sentimento e comportamento em relação a eles que sejam contrários a Tua palavra. Cura o meu coração e me liberta de todas as prisões relacionadas ao me relacionamento com os meus pais. Naquilo que for possível me ajude na reparação e aquilo que eu não posso fazer entrego nas Tuas mãos. Recebo a Tua cura para todos os outros níveis de relacionamentos na minha vida. Em Teu nome Jesus, amém!
ð RECOMECE O SEU RELACIONAMENTO COM SEUS PAIS Lc 15:20-22 “A seguir, levantou-se e foi para seu pai. Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e beijou. O filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e contra ti. Não sou mais digno de ser chamado teu filho”. 
·      Celebre cada pequeno avanço!

2)             RESOLVENDO O RELACIONAMENTO COM DEUS-PAI

·      Quase inevitavelmente transferimos o conceito que temos dos nossos pais para Deus!
1.    SUPERE A INSENSIBILIDADE ESPIRITUAL Lc 15:25,26 “E o seu filho mais velho estava no campo; e quando veio, e chegou perto de casa, ouviu a música e as danças. E, chamando um dos servos, perguntou-lhe que era aquilo”. 
ð Supere a religiosidade (dogmatismo espiritual, o cansaço e a exaustão, a culpa crônica ou o perfeccionismo, a incapacidade de perdoar, a vida solitária e o esfriamento do amor para com Deus). A culpa infundada é uma das enfermidades que mais comumente atacam os crentes de hoje.
ð A decepção em relação a Deus.
ð A incompreensão da graça e o amor de Deus. David Seamands em seu livro sobre a graça de Deus descreve a conclusão que se chegou sobre a maioria dos seus pacientes... Metade dos meus pacientes poderia ir para a casa em uma semana se soubessem que estão perdoados!

2.    ADMITA SUA ORFANDADE ESPIRITUAL Lc 15:28,31 “O filho mais velho encheu-se de ira, e não quis entrar. Então seu pai saiu e insistiu com ele. [...] Disse o pai: Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu”. 
ð Em nenhum momento da parábola o filho mais velho chama o pai de pai. Aliás, ele nem queria entrar na casa. Não havia intimidade, um relacionamento distante. Jesus quis ensinar que apesar de perto, o segundo filho também estava longe. É o seu caso? Você chama Deus de pai e se sente filho?
ð Qual tipo de orfandade espiritual representa você?
- Você nunca se sentiu filho?
- Você é um filho rebelde?
- Você é um filho religioso?
Efésios 1:5 “Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade...”.
Por meio de Jesus Cristo somos adotados para sermos filhos legítimos!

3.    VENÇA OS SEUS PECADOS ESCRAVIZADORES Lc 15:30 “Vindo, porém, este teu filho, que desperdiçou os teus bens com as meretrizes, mataste-lhe o bezerro cevado”. 
ð A história não revelou que o filho mais novo gastou seus recursos com prostitutas. Qual o problema da acusação do filho mais velho? Ele tinha uma mente maliciosa presa ao pecado. A nuance do texto é mostrar que quando não temos intimidade com Deus e buscamos segui-Lo, de alguma forma sempre seremos presos há alguns pecados.
ð São pecados que tentam compensar um vazio que não é mais existencial, mas relacional. Quando um pecado escraviza você?
a)   Quando não há arrependimento verdadeiro 1 João 1:9 “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça”. 
b)   Quando há constantes recaídas Provérbios 28.13 “Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia”. 
c)    Quando ele passar a te dominar Romanos 6.16 “Não sabem que, quando vocês se oferecem a alguém para lhe obedecer como escravos, tornam-se escravos daquele a quem obedecem: escravos do pecado que leva à morte, ou da obediência que leva à justiça?”.

4.    ASSUMA SUA CONDIÇÃO DE FILHO ESPIRITUAL Lc 15:22 “Mas o pai ordenou aos empregados: Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Ponham um anel no dedo dele e sandálias nos seus pés”.
a)   RoupasMentalidade Nova Romanos 12:2 Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.
b)   Anel: Promessas “Herança é uma questão de filiação e não de merecimento.” Coty.
c)    SandáliasLibertação João 8:32 “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”. Romanos 6:11 “Da mesma forma, considerem-se mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus”.

5.    RENOVE DIARIAMENTE O SEU RELACIONAMENTO COM DEUS PAI  Lc 15:23 “E trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos, e alegremo-nos...”.
Qual o maior sentimento quando estamos em uma festa com amigos íntimosA Alegria.
ð Como renovar diariamente o seu relacionamento com Deus-Pai?
a)   Chame Deus de Pai.
b)   Cultive intimidade.
c)    Sinta-se protegido por Deus.
d)   Confie na provisão de Deus.
e)    Reforce sua identidade de filho.
f)    Desfrute dos seus direitos.
g)   Nunca se sinta só!
h)   Siga o exemplo de Jesus.
i)     Contagie os outros com a visão da filiação divina.
j)     Seja sensível a ação do Espírito Santo

ð O Espírito Santo é a expressão da maternidade de Deus! Gálatas 4:6 “E, porque vocês são filhos, Deus enviou o Espírito de seu Filho aos seus corações, o qual clama: Aba, Pai”.
ð Chegou a hora de você VOLTAR para CASA. Se você não recebeu Jesus como o Seu Senhor e Salvador, faça isto agora mesmo e se torne filho. Deus é Pai! Isto muitos brasileiros afirmam. Porém, você se sente filho?
ð Se você já se entregou a Jesus e não se sente filho de Deus, abra o seu coração para que você experimente definitivamente Deus como o seu Pai.

CONCLUSÃO: João 1:12 “Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus.” 
ð A paternidade é o cerne da revelação de Deus para o homem! Nossa cura e libertação sempre chegarão ao ápice quando alcançamos este entendimento e vivência

Contatos com Pr. Nilton Jorge
Tel. (22) 998746712 whatsapp
E-mail. niltondalani@gmail.com