Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

AS 7 LIÇÕES DO DESERTO (Série Livres do Egito)

Ex 13:18
INTRODUÇÃO:

·      Os cristãos normalmente temem enfrentar seus desertos pessoais porque pensam que lá só encontrarão sofrimento. Alguns querem fugir dos desertos da vida.
·      Por que Deus nos conduz aos desertos? Por que mesmo o Senhor Jesus foi conduzido ao deserto enquanto cumpria sua missão aqui na terra? Mateus 4:1 “Então (a seguir) foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.”
EU APRENDO QUATROS LIÇÕES NESTE VERSÍCULO DE Mt 4:1:
1) O deserto só será atravessado se Tivermos história com Deus. (Então) (a seguir).
2) O deserto só será atravessado se o Espírito Santo estiver sobre nós. Mt 3:16
3) O deserto só será atravessado se você for conduzido pelo Espírito. Mt 4:1
4) O deserto só será atravessado se você vencer as tentações da sua alma Mt 4:1

·      Eles atravessaram o mar vermelho, cantaram e felicitaram por conquistarem vitórias, mais não sabiam que diante de tantos milagres e manifestações estariam um deserto de grandes armadilhas que confrontariam a alma e o caráter de todos.
·      Será que Deus sente prazer em ver o sofrimento dos seus filhos? Dt 8:2à 10.
·      Por isso, o apóstolo Paulo afirmou: 2 Co 4:17 “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação”.

Êx 13:18 “Assim Deus fez o povo rodear pelo caminho do deserto...”

TRANSIÇÃO: Desta passagem extrairemos 7 lições importantes para vencermos os desertos:

1.             CUIDADO COM ATALHOS. Ex 13:17,18 “Tendo Faraó deixado ir o povo, Deus não os levou pelo caminho da terra dos filisteus, posto que mais perto, pois disse: Para que porventura o povo não se arrependa, vendo a guerra, e tornem ao Egito. Porém Deus fez o povo rodear pelo caminho do deserto”.

·      Deus traçou um longo caminho para que seu povo Israel atravessasse. Essa longa jornada até a terra prometida tinha uma razão de ser, um propósito nos planos do criador e não adiantava o povo tentar encurtar ou desistir dela.
·      Desertos são feitos para atravessar. Não podemos parar ou mesmo fugir dele. A pergunta que não quer calar é: Por que Deus queria que seu povo enfrentasse um caminho mais longo havendo a opção de um caminho mais curto?
·      Bem, você sabe o motivo pelo qual toda promessa demora? Exatamente porque devemos nos preparar para recebê-la.
·      Deus não deseja que a sua promessa se transforme em maldição! Por isso da necessidade da preparação.
·      Talvez você reclame por enfrentar um deserto emocional, mas será que você está preparado para viver um relacionamento a dois? Será que você já aprendeu a ter a paciência necessária para um relacionamento? Já pensou em acordar todos os dias com uma pessoa que é diferente de você?

Pessoas que Deus engrandeceu e elas caíram, porque não amadureceram no deserto.

2.             DESERTO É UM LUGAR DE DIREÇÃO DE DEUS. “Êx 13:21-22 O SENHOR ia adiante deles, durante o dia, numa coluna de nuvem, para os guiar pelo caminho; durante a noite, numa coluna de fogo, para os alumiar, a fim de que caminhassem de dia e de noite. Nunca se apartou do povo a coluna de nuvem durante o dia, nem a coluna de fogo durante a noite.

·      Observe que durante todo o percurso no deserto uma coluna de nuvem (durante o dia) e uma coluna de fogo (durante a noite) guiavam o povo mostrando o caminho a ser seguido.
·      O Senhor é a bússola no deserto. Deus é o norte. Ele é a nossa direção e nEle tenha a certeza de que você será sempre conduzido pelo deserto de forma a chegar na terra prometida.
·      Veja por exemplo o que aconteceu com José no Egito.
ð Deus lhe deu um sonho. Ele seria exaltado, estaria acima de todos, entretanto, seus irmãos com ódio lhe venderam como escravo para uma caravana de midianitas que o levou para a terra do Egito. Seus irmãos intentaram o mal contra ele, mas veja que aquele deserto só o levou para mais perto da bênção de Deus.
ð No Egito José foi trabalhar na casa de Potifar. Ele prosperou. Assumiu uma função de chefia. De súbito, mais um deserto lhe acometeu quando a esposa do seu patrão levantou um falso contra ele resultando sua prisão.

·      Observe a bússola de Deus. Foi na cadeia que José conheceu a pessoa que falaria a Faraó sobre a sua pessoa. Todos os seus desertos cooperaram para o seu bem porque Deus estava dirigindo sua vida.
·      Não foram os irmãos de José que o mandaram para o Egito, na verdade, foi o próprio Deus que o conduziu até lá a fim de que assumisse a função de governador do império mais poderoso do seu tempo.

3.             NO DESERTO, MESMO QUE NÃO PAREÇA, DEUS SEMPRE ESTARÁ POR PERTO Ex 13, 22 “Nunca se apartou do povo a coluna de nuvem durante o dia, nem a coluna de fogo durante a noite”.

·      Nos seus momentos de deserto o Senhor nunca se apartará de você.
·      Deus dá sinais que está conosco mesmo que não o percebamos.
·      Nossa vitória no deserto é por causa da presença de Deus.

4.             DEUS TEM TUDO EM SEU CONTROLE Ex 14:4 “Endurecerei o coração de Faraó, para que os persiga, e serei glorificado em Faraó e em todo seu exército; e saberão os egípcios que eu sou o Senhor”.

·      Foi o Senhor que endureceu o coração de Faraó para que perseguisse seu povo, nada fugiu ao seu controle.
·      Assim, Deus faz conosco e sabe a razão? Deus não quer que nos acostumemos com o deserto porque este é um lugar só para passagem, não é um lugar para firmarmos residência definitiva.
·      Caso não houvesse perseguição o povo de Israel continuaria como servo de Faraó, por isso Deus gerou tanto desconforto naquela situação que estavam.
·      Deus faz o mesmo com você. Saia desta posição de vítima.
·      Não tem ninguém lhe perseguindo, pelo contrário é o próprio Deus que deseja tirá-lo desta letargia, deste cansaço, desta vidinha medíocre.

5.             DESERTO É UM LUGAR DE LIVRAMENTO Ex 14:13,14“Moisés, porém, respondeu ao povo: Não temais: aquietai-vos e vede o livramento do Senhor que hoje vos fará; porque aos egípcios que hoje vedes, nunca mais os tornareis a ver. O Senhor pelejará por vós e vós vos calareis.”

·      O povo de Israel quando viu a perseguição do exército de Faraó se apavorou. Um grande pavor tomou conta de todos eles. O medo predominava. Entretanto, Deus disse: “não temais: aquietai-vos e vede o livramento que hoje farei.”
·      Se Deus está contigo, não precisa sentir medo ou sair gritando pela rua a beira de um surto psicótico. Deus é contigo! A situação vem na sua vida durante o deserto para que Deus mostre seu livramento.
·      Deus permitiu aquela situação para destruir de uma vez todos os inimigos de Israel. E assim será com você: Dt 28:7 “O SENHOR fará que sejam derrotados na tua presença os inimigos que se levantarem contra ti; por um caminho, sairão contra ti, mas, por sete caminhos, fugirão da tua presença”.

6.             DESERTO É UM LUGAR DE MILAGRES Ex 14:15,16 “Disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? Diz aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, estende a mão sobre o mar e divide-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco”.  

·      Deserto é um lugar para marchar e não para ficar paralisado. Não é um lugar de murmuração ou de reclamação é um lugar para prosseguir para o alvo porque Deus está contigo e assim você verá grandes milagres acontecendo nesta jornada.
·      Deus mandou o povo marchar e falou para Moisés: “Está na hora de usar o seu cajado!” O cajado representa os talentos dados por Deus a cada um de nós. No deserto Deus nos ensina a usar nossos dons e talentos escondido.
·      Contudo, o milagre é para aquele que vai até o fim no deserto. Deus disse a Daniel: Dn 12, 13 “Tu, porém, segue o teu caminho até ao fim; pois descansarás e, ao fim dos dias, te levantarás para receber a tua herança.”

No meio do deserto Deus fará um caminho de milagres no meio do mar para que você passe a pé enxuto.

7.             DESERTO É UM LUGAR DE VITÓRIA Ex 14:25 “Emperrou-lhes as rodas dos carros, e fê-los andar dificultosamente. Então disseram os egípcios: Fujamos da presença de Israel porque o Senhor peleja por eles contra nós os egípcios”.

·      Foi quando o exército de Faraó começou a ver que as rodas dos carros emperraram que passou a se dar conta que estavam lutando contra algo que não era simplesmente um povinho de escravos.
Eles disseram fujamos da presença de Israel, porque o Senhor é quem peleja por eles e contra nós.

·      Eu profetizo que todos aqueles que se levantarem contra ti enfrentarão tantas dificuldades nas tentativas de nos atingir. Deus colocará tanto terror em suas vidas e dificuldades em suas tramoias que serão obrigados a reconhecer que o Senhor é quem peleja em favor da Igreja.

Contatos com o Pr. Nilton Jorge:
Email. niltondalani@gmail.com
https://www.facebook.com/Pr.NiltonJorge
Telefones: Vivo (22) 998746712 Whatzapp / Tim (22) 981358547

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão lidos pelo autor, só serão respondidos os de grande relevancia teológica, desde já agradeço pela visita.