Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

CRISTO ESTÁ VIVO

TEXTO: 1 Co 15:14-17
INTRODUÇÃO:
1. Coelhos grandes e pequenos, ovos de chocolate cada um mais gostoso do que o outro. Foi este o resumo de sua Páscoa?
2. O mundo tem a capacidade de comercializar as datas mais importantes do cristianismo. Esta comercialização não tem a mínima importância para nós, o que realmente importa é se entendemos o significado da ressurreição de Cristo. E Se esta ressurreição tem transformado as nossas vidas.
3. Somente no versículo 12 que descobrimos os motivos que levaram Paulo a escrever este notável capítulo. Em Corinto, havia cristãos que afirmavam não haver ressurreição dos mortos. A ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo é a principal doutrina do Novo Testamento. Sem ela o Cristianismo seria impossível.

TRANSIÇÃO: Cristo já ressuscitou, é o grito que atravessa os séculos, todavia, que importância tem esta ressurreição para as nossas vidas?

I. CRISTO JÁ RESSUSCITOU, É EFICAZ, PORTANTO, A NOSSA PREGAÇÃO v.14.

 Paulo usa a expressão Kerigma, que significa mais do que uma simples pregação, mas sim proclamação. O que pregamos ao mundo afinal?
1. PROCLAMAMOS O CRISTO CRUCIFICADO.
 I Co 1:23 “Nós pregamos a Cristo crucificado, escândalo para os judeus, loucura para os gentios” . I Co 2:2 “Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado”.
2. PROCLAMAMOS O CRISTO VIVO. Lc 24:5 “Por que buscais entre os mortos ao que vive?”. At 1:3 “Ele se apresentou vivo”.
 Diversas teorias têm sido propostas para explicar os fatos do túmulo vazio e os aparecimentos alegados.
 Teoria do desfalecimento. Esta explicação sugere que Jesus não estava realmente morto quando o sepultaram. Ele só parecia estar morto, porém mais tarde reviveu no túmulo.
 Teoria da sepultura errada. Esta afirma que todos, tanto amigos como inimigos, tinham esquecido onde Jesus tinha sido sepultado e estavam, portanto, olhando para uma sepultura na qual nenhum corpo tinha sido colocado.
 Teoria do roubo. Alguns pensam que os discípulos de Jesus roubaram o corpo e mais tarde declararam que ele tinha sido ressuscitado.
 Teoria da alucinação. Esta noção implica em que os discípulos, perturbados emocionalmente depois da morte de Jesus, apenas pensaram tê-lo visto vivo.
 Jesus foi ressuscitado. Esta é a única explicação que leva e conta, adequadamente, todos os fatos do caso.

O QUE TESTIFICA QUE CRISTO ESTA VIVO?
1) O PODER DA PALAVRA DE DEUS QUE PREVALECE ENTRE OS SÉCULOS.
2) O PODER DA IGREJA QUE PREVALECE CONTRA AS PORTAS DO INFERNO.
3) O PODER DA AÇÃO DO ESPÍRITO SANTO NO MEIO DA IGREJA.

Como pregamos ao mundo?
1. COM OUSADIA, PORQUE ESTA É A ÚNICA ESPERANÇA (CRISTO) PARA O MUNDO. Rm 1:16 “Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê” .
2. COM PRESSA, URGÊNCIA, POR CAUSA DA BREVIDADE DA VIDA.
 Disse Jesus: Jo 9:4 “É necessário que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar”.

II. CRISTO JÁ RESSUSCITOU, É EFICAZ, PORTANTO, A NOSSA FÉ v14,17.

A. A FÉ (SALVADORA) o primeiro passo que alguém dá em direção ao Cristo Vivo, para depositar a vida aos cuidados dele. A fé é eficaz para nossa salvação e ela aceita as demandas do Cristo, porque somente nesta aceitação está a nossa salvação. I Tm 6:12 “Combate o bom combate da fé. Toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, e de que fizeste a boa confissão, perante muitas testemunhas”.
B. A FÉ SANTIFICADORA é o segundo passo desta pessoa. Paulo disse:.Gl 2:20 “E esse viver que agora tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim”.
C. A FÉ QUE HONRA. Nas horas das provações. As obras da fé.
E. O JUSTO ANDARÁ PELA FÉ NO FILHO DE DEUS.
A ressurreição de Cristo tem produzido em seu coração um desejo de lutar e de vencer mesmo nos momentos mais difíceis ou isto não faz a menor diferença para você?

III. CRISTO JÁ RESSUSCITOU, JÁ DEIXAMOS A VIDA DE PECADO v.17.

A. Um dos propósitos da vinda de Cristo ao mundo foi para nos purificar de todo e qualquer pecado, de toda e qualquer injustiça.
B. Quando nós cremos que Cristo ressuscitou, devemos crer que na sua ressurreição nós também ressuscitamos com uma nova vida, e agora o poder do pecado não exerce mais controle sobre nós.
C. A RESSURREIÇÃO, PORTANTO:
1. Produz um desejo de abandonar o pecado. I Co 15:56 “O aguilhão da morte é o pecado”. Rm 6:12 “Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, de maneira que obedeçais às suas paixões”.
2. Produz um desejo de santidade e pureza. I Tm 4:14“Torna-te padrão dos fiéis... na pureza”.
 Por causa da ressurreição no último dia, o Ap. Paulo afirma: At 24:16 “Por isso também me esforço por ter sempre consciência pura diante de Deus e dos homens”.

IV. CRISTO JÁ RESSUSCITOU, SOMOS AS PESSOAS MAIS FELIZES DA TERRA v.20.

A. A ressurreição de Cristo produz em nós um sentimento de alegria porque o inimigo que mais nos amedrontava, a morte, foi vencido, derrotado. Vivemos, portanto, uma vida isenta dos temores de um futuro incerto.
B. A nossa esperança está além das coisas deste mundo, ainda que muitas vezes nos esquecemos disto. Nós olhamos para frente, para a consumação dos séculos.
C. A alegria é fruto do Espírito Santo: Gl 5:22 “Mas o fruto do Espírito é alegria”.
Hb 1:9 Cristo foi ungido com oleo da alegria. Ne 8:10 “A alegria do Senhor é a nossa força”. Pv 15:13 “O coração alegre aformoseia o rosto, mas com a tristeza do coração o espírito se abate”. Pv 17:22 “O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos”. Você tem alguma razão para ser uma pessoa alegre?

CONCLUSÃO: CRISTO ESTÁ VIVO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão lidos pelo autor, só serão respondidos os de grande relevancia teológica, desde já agradeço pela visita.