Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 18 de abril de 2015

BATISMO DE FOGO

Texto: Lc 3:16
Introdução: 

O tema é o mais atraente e pertinente possível. As razões são pelo menos duas:
A confusão presente no nosso meio acerca da pessoa e obra do Espírito Santo.
E a sede evidente com que muitos buscam um avivamento genuíno.
Certamente, não há outra solução para esta nação, envergada sob o peso de seus pecados. Nosso Brasil está sendo açoitado pelo chicote das Crises (crise política, crise social, moral, familiar, econômica, espiritual, ser existencial, sentimental, etc).
Para nossa gente morreu a esperança. Há desespero, angustia e falta de paz, pânico, violência. Há injustiça, medo, nossa sociedade está falida moralmente, está estiolada, desfibrada, desmaiada, barbarizada, depreciada, depressiva, oprimida. A resposta para tudo o que ocorre no mundo está em uma igreja inundada, santa, pura, aquecida e aguerrida, pelo poder do Espírito Santo. Multidões estão indo para o fogo do inferno, porque a Igreja perdeu o fogo do Espírito (ler Lc 3:16).

Deus muitas vezes se revelou ao seu povo usando a figura do fogo:
Apareceu há Moises no Horebe em uma chama de fogo. Conduziu o povo 40 anos no deserto por uma coluna de fogo. Desceu sobre o Sinai em fogo. O aspecto de sua glória era fogo.  Ali do Sinai falou a Moises do meio do fogo. A oração de Elias respondeu com fogo. Respondeu a oração de Davi com fogo.  No tabernáculo o fogo era mantido aceso continuamente. Elias foi transladado da terra em um carro de fogo. Eliseu foi protegido do exercito da Síria por cavalos e carros de fogo.
Isaias teve um encontro com Deus e foi queimado com fogo.Nosso Deus é fogo, o seu nome é fogo, o seu trono é fogo, sua Palavra é fogo, sua presença é fogo, o seu amor é fogo, o seu amor é fogo o seu batismo é fogo. Só o fogo do Espírito é capaz de acordar este povo que é mais poderoso da terra. Porque um batismo de fogo?

1) PORQUE O FOGO ILUMINA.

Aquele que é Batizado com Fogo Anda na Luz (Jo 8:12). Aquele que não recebeu o
batismo de fogo vive-se escondendo, vive detrás de máscaras, vive encapuzado, vive encavernado por causa de seus pecados, não aparece para a luz, porque tem medo de que as suas obras sejam reveladas. Se quisermos que o céu se abra e o Espírito seja derramado sobre nós, é necessário que as máscaras caiam, que a nossa vida seja limpa e purificada que andemos na luz ( Sl 51:1,2).

Aquele que é Batizado com Fogo tem Comunhão Com Deus (I Jo 1:6). Leva a Deus a
sério, anda em sintonia com o Deus vivo, tem prazer em Deus, deleita-se em Deus, anda face a face com Deus. Sente saudades de Deus, tem sede de Deus e alegra-se na presença de Deus, Deus é o prazer da sua alma. É impossível andar com Deus e andar no pecado ao mesmo tempo Sl 84:1 à 4).

Aquele que é Batizado com Fogo tem Comunhão com os Irmãos (I Jo 1:7). Onde há divisões, facções, disputas, querelas, brigas e discórdias não há revestimento de poder, as rachaduras e trincamentos os muros de separações, preconceitos, discriminação e acepção de pessoas impedem o derramamento do Espírito, onde há ódio, amargura, rancor, ranço, Deus não se manifesta, se queremos de fato avivamento, precisamos acertar a vida uns com os outros (II Cor 2:10,11; Ef 4:26,27).
  
2-) PORQUE O FOGO PURIFICA.

Se quisermos esse batismo de fogo precisamos tratar sério com o pecado. Os crentes já não sentem mais tristezas pelo pecado, não choram, estão se conformando com o mundo, tudo é normal. Tem evoluído. Ser contra o pecado é ser carola, quadrado e retrógrado etc. A Igreja tem limitado o mundo, tem importado seus valores, sua música, suas idéias, seus conceitos tem se mundanizado. Há pecados para serem queimados, há entulho para ser tirado, precisamos ser purificados.

O Leproso Naamã (2 Rs 5).
a) Um Herói Fora, Um Vilão Dentro (leproso) dentro de sua casa precisava de purificação.
Herói de guerra, famoso, valente, conquistador, mas em casa um doente, enfermo, leproso não é assim que está a Igreja? Lá fora temos nome e fama de pessoas sérias, puras, santas e piedosas, mas dentro de casa somos outra pessoa.
b) A Igreja Precisa Tirar a sua Armadura Para ser Restaurada. Precisa tirar a máscara, precisava tirar a lepra, precisava tirar a roupa para descer no Jordão, precisava confessar, enquanto não mostrar nossa carência e necessidade de pureza o fogo não virá.
Js 3:5 Esse Texto Mostra-nos Grandes Lições:
É um imperativo: santificai-vos hoje.
É Uma promessa: O Senhor fará maravilha.
O Lugar de ação de Deus: no meio do seu povo.
O tempo dessa ação: amanhã, depois da santificação de hoje.

3-) PORQUE O FOGO AQUECE.

O que não falta hoje são crentes gelados, frios, mármores, pétreos, sem calor espiritual, anestesiados, indiferentes, insensibilizados, letárgicos crônicos.
Queremos Esquentar com Bordão Alheio (geração Geazi). Temos o bordão profético mais ainda há morte.
Lições do encontro do fogo com a gélida morte. 
O menino estava morto na cama do profeta ( v.32 e 33).
Elizeu foi além do aquecimento do corpo (ministrou vida plena v.34.
Elizeu manda a morte embora agonizando em oração (v.35).
Elizeu triunfa sobre a morte do menino por sua firmeza e perseverança (v.35).
Não basta usarmos o bordão profético, precisamos ser batizados com fogo. Estamos carregando o bordão profético como fez Geazi, mas o bordão profético em nossas mãos não tem nenhum poder. Falta alguma coisa. Necessitamos que o batismo de fogo nos aqueça e inflame.

4-) PORQUE O FOGO SE ALASTRA.

O fogo ou se propaga ou se apaga, o fogo ou cresce ou fenece, o fogo arde ou vira cinza. Se cada um de nós se tornar um graveto seco, inflamado pelo fogo de Deus. (Is 64:2), esse fogo vai se espalhar.
a) fogo versus vento (At 2:2,3). O que leva, o que espalha as chamas do fogo é o vento.
b) O vento e o fogo são símbolos do Espírito. O vento e o fogo são as duas maiores forças da natureza, por isso se uniram no pentecostes, se cada um de nós pegar fogo, o Espírito Santo soprará as chamas para os outros.
c) Esse fogo precisa se alastrar (missões). Avivamento sempre deságua em missões, uma certa vez, perguntaram a Moody: Como uma Igreja pode começar a experimentar um avivamento?
A que ele respondeu: acenda uma fogueira no púlpito.

Testemunho: em uma pequena cidade, uma pequena Igreja pregava algumas décadas e nada de novo acontecia ali. Os pecadores não tinham o menor interesse por aquela Igreja, porque não viam nada de novo e nada de extraordinário acontecer com aquele povo. Os crentes levavam uma vida superficial, medíocre e sem unção. E ao lado da Igreja morava um ateu que nunca fora atraído pela Igreja. Certo dia, porém a cidade acordou em pânico, porque aquela Igreja pegava fogo (incêndio). Todos foram para lá, quando os membros chegaram assustaram com o vizinho ateu ajudando a apagar o fogo, alguém lhe perguntou: O seu ateu o senhor por aqui, ainda bem que veio a igreja, ele respondeu: Mas também a igreja nunca pegou fogo!

Conclusão: Se quisermos que os pecadores venham a Igreja precisamos pegar fogo! Se quisermos que as labaredas do Espírito se alastre precisamos de um batismo com fogo.

Pr. Nilton Jorge
(22) 981043222
(22) 981358547


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão lidos pelo autor, só serão respondidos os de grande relevancia teológica, desde já agradeço pela visita.