Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 30 de junho de 2010

UMA ABORDAGEM DAS CINCO LINGUAGENS DO AMOR

INTRODUÇÃO.
01- Nenhuma pessoa que sonha viver bem, casa pensando no divórcio.
02- Todos os que casam imaginam que com eles serão diferentes, conseguirão manter viva a chama do amor de namorados.
03- UMA PESQUISA FEITA POR UMA REVISTA FEMININA: Constatou que o maior índice do divórcio não foram os filhos, finanças, trabalho, ou outra atividade, mas sim A FALTA DE EXTERNAR O AMOR.
04- Descobriu-se então que os casais externam seus sentimentos de amor verdadeiro, mas entre eles há algo que fazem não entender e se completar.

1 – A ARTE DE AMAR É SUPERIOR A PAIXÃO.

01- A PAIXÃO É UMA EXPERIÊNCIA EUFÓRICA E OBSESSIVA DE CURTA DURAÇÃO.
a)- Escraviza o envolvido: Não pensa em outra coisa, outras áreas da vida são prejudicadas,
b)- Cega o envolvido: Enxerga ele(a) como a(o) “perfeita”(o), impecável e sem defeito.
c)- Egocentriza o envolvido: Não há espaço para outras pessoas e suas opiniões.

02- QUANDO A EUFORIA DA PAIXÃO OBSESSIVA PASSA, DESCE-SE DAS NUVENS E OS PÉS TOCAM O CHÃO, E A REALIDADE É OUTRA.
a)- Escravizado quer liberdade: Tem desejos e sentimentos próprios e não quer saber dos dele(a).
b)- O Cego enxerga: Enxerga até com a mente, vê defeitos que ele(a) não tem.
c)- O Egoísmo dá lugar a opinião pública: Prefere ouvir todos e estar com todos, ele(a) pode esperar.

03- ALGUNS PESQUISADORES, CONCLUÍRAM QUE O APAIXONAR-SE NÃO É AMOR VERDADEIRO POR TRÊS RAZÕES:
1ª.)- Apaixonar-se não é um ato da vontade nem uma escolha consciente.
Há uma dicotomia em relação a paixão, isto é, quando desejamos voluntariamente apaixonar, não conseguimos. Por outro lado mesmo que não buscamos esta experiência ela pode ocorrer.
2ª.)- Apaixonar-se não implica em nenhuma participação de nossa parte.
3ª.)- A pessoa apaixonada não está genuinamente interessada em incentivar o crescimento pessoal daquela por quem nutre sua paixão.

04- APARENTEMENTE DUAS SÃO AS OPÇÕES QUE SE TEM QUANDO A PAIXÃO PASSA:
1ª.)- Estar destinado a uma vida miserável com o cônjuge,
2ª.)- Separar e tentar novamente.
A GERAÇÃO PASSADA OPTOU PELA PRIMEIRA OPÇÃO, A GERAÇÃO ATUAL TEM OPTADO PELA SEGUNDA OPÇÃO.

05- PESQUISADORES SÉRIOS E ESTUDIOSOS DO CASAMENTO AFIRMAM QUE HÁ UMA TERCEIRA E MELHOR ALTERNATIVA: “Reconhecer que a paixão é o que é – um pico emocional temporário – e então desenvolver o amor verdadeiro com nosso cônjuge”.
a)- Será um sentimento de natureza emocional, mas não obsessivo.
b)- É o amor que une a razão e a emoção,
c)- Envolve um ato da vontade e requer disciplina, pois reconhece a necessidade de crescimento pessoal,
d)- Nossa necessidade emocional básica não é apaixonar-se, mas ser amado(a) pelo outro, vivendo o amor que cresce com base na razão e na escolha e não no instinto. É ser amado por alguém que escolheu me amar, que vê em mim algo digno de ser amado.

06- UM CÔNJUGE SEGURO DO SEU AMOR E CONVICTO DE QUE É AMADO, É UM POTENCIAL PARA A PLENITUDE DA VIDA CONJUGAL.

2 – “ PALAVRAS DE AFIRMAÇÃO”: A PRIMEIRA LINGUAGEM DO AMOR.

01- Uma maneira de expressar o amor emocional é utilizar palavras que edificam.
02- O clima emocional de um casamento onde os cônjuges ouvem palavras de afirmação sempre é um lar em estado de graça.
03- ILUSTRAÇÃO: CERTO ESPOSO DISSE: “UM BOM ELOGIO PODE ME MANTER VIVO DURANTE DOIS MESES”.
04- HÁ MUITAS FORMAS DE SE EXPRESSAR PALAVRAS DE AFIRMAÇÃO AO CÔNJUGE:

1ª.) – PALAVRAS ENCORAJADORAS.
01- A palavra “ENCORAJAR” significa “INSPIRAR CORAGEM”. Essa forma de expressar amor é fundamental quando um cônjuge está debilitado em sua fragilidade, e espera do outro suas palavras encorajadoras.
02- ENCORAJAR REQUER TRÊS ATITUDES: 1ª. Empatia, 2ª. Ver a vida do ângulo dele, 3ª. Aprender o que é importante para ele.
03- ENCORAJAR É UMA FORMA DE DIZER QUE ACREDITAMOS NELE (a), NO SEU POTENCIAL.
04- LANCE FORA O HÁBITO DA CRÍTICA, SE ESFORCE, SEU ESFORÇO SERÁ RECOMPENSANDO.

2ª.) – PALAVRAS BONDOSAS.
PV.15.1 DIZ: “A RESPOSTA BRANDA DESVIA O FUROR....”. DUAS ATITUDES SAUDÁVEIS:
a)- Cônjuge emocional alterado, irado: Permaneça gentil, entenda o estado emocional dele.
b)- Se você entendeu errado o motivo da alteração de seu emocional: Reconheça o erro e peça perdão.

UM PSICÓLOGO AFIRMOU: “POSSIVELMENTE, A MAIS PROFUNDA NECESSIDADE HUMANA É A DE SER APRECIADO(A)”. PODEMOS ENTÃO DIZER QUE PALAVRAS DE AFIRMAÇÃO SUPRE ESSA NECESSIDADE EM MUITAS PESSOAS, UMA DELAS PODE SER O SEU CÔNJUGE. ESFORCE AO MÁXIMO E UTILIZE ESTA LINGUAGEM DE AMOR.

2.1 – “ QUALIDADE DE TEMPO: “ A SEGUNDA LINGUAGEM DO AMOR.
01- Significa dedicar a alguém sua inteira e total atenção, sem dividi-la com e ninguém em processo de dedicação mútua.
02- ALGUMAS FORMAS DE EXPRESSAR ESSA LINGUAGEM DE AMOR.

1ª.) – ESTAR JUNTOS.
01- Estar junto não é estar próximo é focalizar a atenção.
02- É fazer coisas juntos concedendo atenção total a quem está conosco. A atividade realizada é secundária, o importante é o emocional, o sentimento de interação, as emoções suscitadas entre os dois.

2ª.) – CONVERSA DE QUALIDADE.
02- É bem diferente da 1ª Linguagem do amor, “PALAVRAS DE AFIRMAÇÃO” FOCALIZAM O QUE AFIRMAMOS, enquanto que conversa de qualidade FOCALIZA O QUE OUVIMOS. Expressar meu amor por LANINHA através da qualidade de tempo significa trazer ela a tona, entender seus pensamentos, sentimentos e desejos.
DICAS PARA VOCÊ OUVIR COM QUALIDADE ALGUÉM OU SEU CÔNJUGE:
a)- Procure olhar nos olhos de seu cônjuge quando ele lhe falar,
b)- Não faça outra coisa enquanto ouve seu cônjuge.
c)- “Escute” o sentimento, perguntando a você mesmo o tipo de emoção que ele está sentindo.
d)- Observe a linguagem corporal dele, as vezes a linguagem verbal difere da corporal.
e)- Recuse interrupções, inclusive você que está ouvindo, não deve interromper.

3 – "RECEBER PRESENTES": A TERCEIRA LINGUAGEM DO AMOR.

01- Antropologistas concluíram que o ato de dar presentes faz parte do casamento e do processo de amor em todas as culturas.
02- Presentes são símbolos visuais do amor. Significa que pensamos na pessoa e o objeto independente do preço é o símbolo desse pensamento.

1º.) – PRESENTES VERSUS DINHEIRO.
01- ANALISE E MUDE SUA ATITUDE EM RELAÇÃO AO SEU DINHEIRO OU SALÁRIO.
a)- Você é daqueles que sente bem quando gasta.
b)- Você é daqueles que sente bem quando economiza e poupa o máximo possível.
02- O CÔNJUGE DO TIPO “MUNHECA” TERÁ RESISTÊNCIA EM EXPRESSAR SEU AMOR GASTANDO SEU DINHEIRO.
03- Você se supre emocionalmente lidando com seu dinheiro a sua maneira, mas não supre as necessidades emocionais de seu cônjuge.
04- AO DESCOBRIR QUE RECEBER PRESENTES É A 1ª. LINGUAGEM DO AMOR DE SEU CÔNJUGE CONTINUE POUPANDO, MAS INVISTA NELE, E VERÁ O LUCRO INCALCULÁVEL NO SEU CASAMENTO.

2º) – O PRESENTE DA PRESENÇA.
01- Este é o dialeto da linguagem do amor “RECEBER PRESENTES” Que muitas vezes fala mais alto do que qualquer presente que tenha nas mãos.
02- É O ESTAR AO LADO DE SEU CÔNJUGE QUANDO ESTE PRECISA DE VOCÊ

4 – “FORMAS DE SERVIR”: A QUARTA LINGUAGEM DO AMOR.

01- É fazer algo que você sabe que seu cônjuge gostaria que você fizesse (TENTE TROCAR OS PAPÉIS). É agradar realizando coisas que seu cônjuge aprecia.

02- EM GERAL ESSA LINGUAGEM DO AMOR SOFRE ALGUNS DANOS NO CASAMENTO POR ALGUMAS RAZÕES:
a)- O que fazemos um para o outro antes do casamento, não garante que continuaremos a realizá-lo depois de casados.
b)- O amor é uma decisão, e não pode ser coagido. Faça pedidos e não cobranças.
c)- As críticas de meu cônjuge sobre meu comportamento, fornecem-me dicas valiosas a respeito de sua primeira linguagem do amor.( Usa a crítica para suplicar inutilmente amor, e aquela área é a sua maior necessidade).

5 – “ TOQUE FÍSICO”: A QUINTA LINGUAGEM DO AMOR.

01- Os toques físicos não são iguais, seu cônjuge apreciará a alguns mais do que a outros, você aprenderá diferenciar com ele, pois é a ele que você demonstrará o seu amor.
02- NÃO INSISTA EM TOCÁ-LO DO SEU JEITO E EM SEU TEMPO, PARA QUE O TOQUE NÃO SEJA DESCONFORTÁVEL OU IRRITANTE. SEJA SENSÍVEL AS NECESSIDADES DELE.
03- Não caia no erro de achar que o que lhe traz prazer também traz a ele.
04- OS TOQUES AMOROSOS EM GERAL SÃO:
I – EXPLÍCITOS. Esse dialeto geralmente exige sua completa atenção, pois levam mais tempo.
a)- Namoro romântico com carícias sem o ato sexual,
b)- Jogos sexuais que terminam em uma relação,
c)- Massagem corporal, etc.
II – IMPLÍCITOS. Esse dialeto geralmente é breve, mas tem um grande poder de comunicar amor.
a)- Toque rápido no rosto ou ombros ao assentar a mesa,
b)- Toque no ventre ao passar por ele nos cômodos da casa,
c)- Afagos ao sair e chegar, através de um beijo e um abraço rápido, etc.
05- O CORPO EXISTE PARA SER TOCADO.

CONCLUSÃO:

ACREDITO QUE EXISTAM OUTRAS LINGUAGENS DE AMOR, MAIS TAMBÉM ACREDITO QUE ESTAS SÃO BASICAS PARA QUE UM RELACIONAMENTO CONJUGAL TENHA SUCESSO E TRIUNFE SOBRE AS CRISES E ADVERSIDADES NO LAR.

DEUS VOS ABENÇOE.

2 comentários:

  1. É... já li este livro há mt tempo. Ele não é mt pequeno,mas vc conseguiu traduzir com poucas palvras,aliás,como sempre,td que nele se contém.
    Parabéns!!!!!!!!11
    Pena que seja tão difícil na prática
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Muitas coisas que precisamos saber e colocar em pratica,bom seria se vivessemos tudo isso no nosso dia a dia,Deus o abencoe cada vez mais,grande abraco

    ResponderExcluir

Os comentários serão lidos pelo autor, só serão respondidos os de grande relevancia teológica, desde já agradeço pela visita.