Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

NICODEMOS, ENTRE O MEDO E A SALVAÇÃO


TEXTO: Jo 3:1,2,3
INTRODUÇÃO:
O capítulo 3 trás duas abordagens temáticas, a primeira é o novo nascimento e a segunda é o testemunho de João Batista sobre Jesus.
·      JOÃO NESTE CAPÍTULO FAZ 3 APRESENTAÇÕES DE JESUS:
1)   Jesus – Aquele que anuncia o Reino de Deus com Palavras e Sinais v.2
2)   Jesus – O Cristo (Messias) que havia de vir v.13 à 16.
3)   Somente Cristo pelo seu Espírito, pode operar a obra da regeneração ou novo Nascimento.

·      Se você quer entender o Evangelho de Jesus, leia João 3:16. Aqui esta as 4 faces do amor de Deus.
1.    O AMOR DE DEUS É IMENSURÁVEL (...de tal maneira...").
2.    O AMOR DE DEUS É DOADOR ("...deu seu Filho...")
3.    O AMOR DE DEUS É GRACIOSO ("...todo o que nele crê...")
4.    O AMOR DE DEUS É VIVIFICADOR ("...não pereça, mas tenha a vida eterna.")
è Ser apenas um admirador do Evangelho não é suficiente para se ver livre da condenação eterna. É preciso ter uma genuína experiência com Cristo.

*   Nos dias de Jesus em Israel havia 4 principais seitas que faziam a cabeça do povo.
1.                  OS ESSENIOS:
W   Dividiam-se em grupos de 12 com um líder chamado, "mestre da justiça".
Vestiam-se sempre de branco, acreditavam em milagres pela mão, milagres físicos e benção com as mãos, aboliam a propriedade privada. Eram todos vegetarianos, não se casavam, tomavam banho antes das refeições, a comida era sujeita a rígidas regras de purificação. Eram chamados de nazarenos por causa do voto nazarita.
2.                  OS ZELOTES:
W   Membro de um partido nacionalista judeu do tempo de Cristo. Os zelotes, também chamados de “cananeus” ou “cananitas”, usavam de violência na oposição ao domínio romano
3.                  OS SADUCEUS:
W   Nome de um partido oposto à seita dos fariseus. Compunha-se de um número comparativamente reduzido de homens educados, ricos e de boa posição social.
W   Distinguiam-se dos fariseus nos seguintes pontos
1) Negavam a ressurreição e juízo futuro, afirmavam que a alma morre com o corpo
2) Negavam a existência dos anjos e dos espíritos
3) Negavam o fatalismo em defesa do livre arbítrio.
4.                  OS FARISEUS:
V. 1 Havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos:
W   Os fariseus eram uma seita pequena (6000 membros em média) e legalista dos judeus, conhecida pelo rígido apego de seus membros aos pormenores cerimoniais da lei. Seu nome significa “os separados”.
V. 1 “..., príncipe (um dos principais) dos judeus”.
W   Esta expressão indica que Nicodemos fazia parte do Sinédrio: O principal corpo governante dos judeus na Palestina. Era a “suprema corte” ou conselho governante da época. Esse corpo de líderes consistia de 71 membros.
W   O Sinédrio era comandado por um presidente que era conhecido como "o sumo sacerdote" A Segunda categoria principal dos membros do sinédrio eram os anciãos. E os escribas. Eles eram advogados profissionais treinados em teologia, direito e filosofia.
W   A religião do fariseu não toca a pessoa. Não atenta para o caráter semelhante ao de Deus, nem para o coração cheio de amor e misericórdia.
W   O relato da conversão de Nicodemos refuta aqueles que dizem: "Eu sempre fui salvo; eu nunca fui perdido”. O texto esta abordando sobre alguém importante em Israel.

TRANSIÇÃO: Podemos aprender lições maravilhosas com Nicodemos.
è Há 2 características a serem salientadas sobre Nicodemos:

1)             Apesar de conhecedor quanto a Lei, estava perdido quanto a Eternidade v 1.

a)                 Ele estava perdido apesar de sua sincera fé religiosa.
1. Uma forte fé em um único Deus vivo e verdadeiro.
2. Uma obediência incondicional a Lei do Antigo Testamento.
3. Uma moral intransigente.
4. Uma firme crença na ressurreição do corpo.
b)                 Ele estava perdido apesar de seu alto cargo religioso.
A. Nicodemos era um membro do Sinédrio. O Sinédrio tinha jurisdição sobre todos os assuntos religiosos, civis e criminais relacionadas com a cidadania judaica.
c)                  Ele estava perdido apesar de sua consciência espiritual. “... Sabemos que és Mestre vindo de Deus, porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele"
Apesar de boas qualidades ele estava perdido e precisava nascer de novo. João 3:3"Jesus respondeu, e disse-lhe: 'Em verdade, vos digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus".
è O novo nascimento não é algo que fazemos para Deus, mas o que Espírito Santo faz em nós e por nós.
è Com Nicodemos eu aprendo: Não se alcança o novo nascimento através de ritos, cerimônias e práticas religiosas. Ninguém entra no céu por pertencer à uma família cristã ou por freqüentar uma igreja evangélica. Ninguém é salvo porque recebeu o sacramento do batismo ou porque guarda determinados preceitos religiosos.

è Nascer de novo é nascer de cima, do alto, do Espírito. Destaco três aspectos importantes sobre o novo nascimento.

Em primeiro lugar, o novo nascimento é produzido pela Palavra v.12. Jo 3.5 Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. A água que nos purifica não é a água do batismo, mas a água da Palavra Ef 5.26 “a fim de a santificar, tendo-a purificado com a lavagem da água, pela palavra” . Somos gerados pela divina semente da Palavra 1Pe 1.23tendo renascido, não de semente corruptível, mas de incorruptível, pela palavra de Deus, a qual vive e permanece”.
Em segundo lugar, o novo nascimento é produzido pelo Espírito Santo v.8. O Espírito Santo é o agente do novo nascimento. Somos salvos pelo lavar regenerador do Espírito Santo Tt 3.5não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo”. Essa ação do Espírito Santo é invisível, porém perceptível. É como o vento que você não sabe donde vem nem para aonde vai, mas percebe seus efeitos.
Em terceiro lugar, o novo nascimento é produzido do sacrifício vicário de Cristo v.14. Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, Jesus foi levantado na cruz. Assim como os israelitas foram curados da mordedura das serpentes abrasadoras quando olharam para a serpente de bronze, assim também aqueles que, inoculados pelo veneno mortal da Antiga Serpente, Satanás, olham com fé para Jesus são perdoados de seus pecados e recebem o dom da vida eterna.

2)             Vivia entre o medo do que vão pensar e a coragem de assumir Jesus v2.

*   Não queria que outros fariseus o vissem falando com Jesus.
*   MEDO DA PRESSÃO DO GRUPO: todas as vezes que temos medo da pressão do grupo, caímos em pecado.
* Abraão quando teve medo da pressão no Egito, mentiu.
* Arão quando teve medo da pressão do povo no deserto, consentiu que fizessem um bezerro de ouro.
* Elias quando teve medo da pressão de Jezabel, fugiu e pediu a morte.
* Jonas quando teve medo da pressão do Ninivitas, desobedeceu ao Senhor.
* Pedro quando teve medo da pressão dos algozes de Jesus, mentiu 3 vezes.
*   A falta de coragem gera improdutividade e perca de oportunidades.
Nicodemos aproveitou a oportunidade, entre a vida que ele levava e perder o que tinha estava o Reino de Deus. (naquela mesma noite ele volta crente).
João 7.50-52 50 “Nicodemos, um deles, que antes tinha procurado Jesus, perguntou-lhes: 51 ‘A nossa lei condena alguém, sem primeiro ouvi-lo para saber o que ele está fazendo?’ 52 Eles responderam: ‘Você também é da Galiléia? Verifique, e descobrirá que da Galiléia não surge profeta”.
João 12.42-43 “Ainda assim, muitos líderes dos judeus creram nele. Mas, por causa dos fariseus, não confessavam a sua fé, com medo de serem expulsos da sinagoga; 43 pois preferiam a aprovação dos homens do que a aprovação de Deus”.

Mais quando Jesus é levantado na cruz o medo foi embora. João 19.38-42 “Depois disto, José de Arimatéia, que era discípulo de Jesus, ainda que ocultamente pelo receio que tinha dos judeus, rogou a Pilatos lhe permitisse tirar o corpo de Jesus. Pilatos lho permitiu. Então, foi José de Arimatéia e retirou o corpo de Jesus. E também Nicodemos, aquele que anteriormente viera ter com Jesus à noite, foi, levando cerca de cem libras de um composto de mirra e aloés. Tomaram, pois, o corpo de Jesus e o envolveram em lençóis com os aromas, como é de uso entre os judeus na preparação para o sepulcro. No lugar onde Jesus fora crucificado, havia um jardim, e neste, um sepulcro novo, no qual ninguém tinha sido ainda posto. Ali, pois, por causa da preparação dos judeus e por estar perto o túmulo, depositaram o corpo de Jesus.
è No dia em que foram buscar o corpo de Jesus, suas vidas e posições foram abnegadas.
CONCLUSÃO: OS MEDROSOS DE ANTES, SÃO OS CORAJOSOS DE AGORA QUE FAZEM AS ESCRITURAS SE CUMPRIREM ATRAVÉS DELES.
1.                  Ele comprou um lençol. Marcos 15.46 “Então José comprou um lençol de linho, baixou o corpo da cruz, envolveu-o no lençol e o colocou num sepulcro cavado na rocha”.
2.                  Ele doou seu túmulo novo. Mateus 27.57-60.
3.                  Eles prepararam de forma especial o corpo de Jesus. (Deram o melhor pra servir a Jesus).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão lidos pelo autor, só serão respondidos os de grande relevancia teológica, desde já agradeço pela visita.